Josh Barnett rejeita contrato com o UFC

Ao que tudo indica “The Warmaster” não fará parte do elenco de lutadores do Ultimate Fighting Championship (UFC) pesos pesados ​​tão cedo.

Um dos poucos remanescentes do Strikeforce que tinham vaga certa no UFC, Josh Barnett, recusou uma oferta de contrato a nível top dentro da companhia de acordo com seu empresário Leland LaBarre.

“Nós concordamos com remuneração garantida. Na verdade, nunca rebatemos ela. Aceitamos sua oferta original, no entanto, há algumas questões periféricas, uma em particular. Queremos encontrar o melhor negócio para Josh e sua casa MMA final. “

O lutador anteriormente conhecido como “O Assassino Babyface” possui um cartal 32-6 e tem vitórias notáveis ​​sobre Antonio Rodrigo Nogueira, Semmy Schilt e Randy Couture. Ele estava a uma vitória do cinturão do Strikeforce antes de ser derrotado por Daniel Cormier em maio do ano passado.

Fonte: http://newsmma.wordpress.com/


Após o fim do Strikeforce veja a lista dos atletas que foram contratados pelo UFC

Por Cajú Freitas

Com o encerramento das atividades do Strikeforce no último sábado, o UFC acaba de anunciar os seus mais novos contratados. A lista é composta basicamente por atletas que faziam parte da extinta organização.

O Brasil conta com três nomes: Ronaldo Jacaré, Adriano Martins e Roger Gracie (marcando a volta da família ao show criado por Rorion Gracie em 1993).

Confira os novos lutadores do UFC:

Pesados: Daniel Cormier (11-0).

Meio-pesados: Gegard Mousasi (33-3-2) e Gian Villante (10-3).

Médios:
 Roger Gracie (6-1), Tim Kennedy (15-4), Lorenz Larkin (13-0), Luke Rockhold (10-1) e Ronaldo Jacaré Souza (17-3).

Meio-médios:
 Roger Bowling (11-3), Jason High (16-3), Nate Marquardt (32-11-2), Tarec Saffiedine (14-3) e Bobby Voelker (24-8).

Leves: 
Ryan Couture (6-1), Pat Healy (29-16), Kurt Holobaugh (8-1), Adriano Martins (24-6) e Gilbert Melendez (21-2), K.J. Noons (11-6) e Josh Thomson (19-5).

Fonte: http://wp.clicrbs.com.br/nomundodaslutas/2013/01/16/a-lista-dos-mais-novos-contratados-do-ufc


Strikeforce: No último da história, Ronaldo Jacaré e Roger Gracie finalizam

E mais um evento importante do calendário do MMA encerrou suas atividades. O Strikeforce que foi comprado pela Zuffa, empresa que controla o UFC promoveu seu último evento com um belo card encabeçado pelo ex-UFC  Nate Marquardt que enfrentou o belga Tarec Saffiedine e se deu mal. No evento principal do show, em Oklahoma City, EUA, Nate Marquardt e Tarec Saffiedine duelaram na disputa do cinturão dos pesos meio-médios. O show contou com 4 brasileiros que roubaram a cena na noite, todos eles venceram, e um duelo deles entre compatriotas.

BAd3GXXCQAA0Glj.jpg largeTarec com seus técnicos Daniel Woirin e Ricardo Feliciano. (foto: reprodução/Twitter)

Em um combate bem parelho, Nate Marquardt e Tarec Saffiedine duelaram pelo cinturão da divisão pensando no  UFC. Na última luta da história do Strikeforce, o belga acertou belos chutes e destruiu a perna esquerda do então campeão com low kicks, conquistando a maior vitória de sua carreira e, de quebra, deixando o Strikeforce como o último campeão dos meio-médios. Se Nate sonha em voltar a maior organização de MMA, o UFC. Essa foi a 14 vitória de Saffiedine que tem apenas 3 derrotas  na carreira e deixa Marquardt com 32-11-2. O belga também sonha e pode ter conseguido sua vaga no UFC com a bela vitória sobre o ex-campeão.

JACAAA (2)Jacaré comemora vitória sobre Herman no último Strikeforce da história.

Também de olho no UFC, Ronaldo Jacaré e Roger Gracie venceram bem seus duelos e podem está próximos de migrarem pro UFC. O integrante da maior família do MMA, a família Gracie, Roger não tomou conhecimento do americano  Anthony Smith e superou o rival no segundo round. O brasileiro acertou uma bela cotovelada que abriu um corte no rosto do adversário e logo depois ajustou a posição para finalizar o combate com um kata-gatame. Por sua vez, Ronaldo Jacaré teve um pouco menos de trabalho, vencendo também com uma finalização, mas com uma kimura, Jacaré foi bem mais rápido que Roger e despachou o rival sem nenhum trabalho no primeiro round.

O evento também contou com o duelo entre os compatriotas Adriano Martins enfrentando  Jorge Gurgel. Quem levou a melhor entre os “brazucas” foi o amazonense Adriano Martins que fez um duelo bem aplicado. Em luta disputada na trocação, Adriano Martins convenceu os jurados, que lhe deram 29 a 28, 29 a 28 e 30 a 27. O manauara de 30 anos tem agora 24-6 no cartel, sendo 11-1 nas últimas 12 lutas. Gurgel, veterano de 35 anos, passa a ter 14-9 na carreira.

STRIKEFORCE: Marquardt vs. Saffiedine

CARD PRINCIPAL

  • Tarec Saffiedine venceu Nate Marquardt por decisão unânime
  • Daniel Cormier venceu Dion Staring por nocaute técnico no segundo roind
  • Josh Barnett venceu Nandor Guelmino  por finalização (kata-gatame) no primeiro round
  • Gegard Mousasi venceu Mike Kyle por finalização (mata-leão) no primeiro round
  • Ronaldo Jacaré venceu Ed Herman por finalização (kimura) no primeiro round

CARD PRELIMINAR

  • Ryan Couture venceu K.J. Noons por decisão dividida  dos juízes
  • Tim Kennedy vence Trevor Smith por finalização (guilhotina) no terceiro round
  • Pat Healy venceu Kurt Holobaugh por decisão unânime
  • Roger Gracie venceu Anthony Smith por finalização (kata-gatame) no segundo round
  • Adriano Martins venceu Jorge Gurgel por decisão unânime dos juízes
  • Estevan Payan venceu Michael Bravo por nocaute técnico aos 4min01s do 2º round

Fonte: http://newsmma.wordpress.com/


Strikeforce: Último evento com sabor de UFC para Roger Gracie, Ronaldo Jacaré e Daniel Cormier

Neste sábado, dia 12 de Janeiro de 2013, o Strikeforce fará seu último evento e com isso, é certo mas não oficial, que dois brasileiros estejam lutando no UFC muito em breve.

Ronaldo "Jacaré" Souza (16v-3d) fará sua última luta no Strikeforce contra um veterano e finalizador ex-UFC Ed Herman(20v-8d), mas sabemos que de finalização Jacaré está mais credenciado que Herman. Além de 12 finalizações no MMA, Ronaldo Jacaré foi Bi-Campeão Mundial Absoluto Faixa Preta de Jiu Jitsu (2004 e 2005) e Campeão do ADCC no peso (2005) perdendo a final do absoluto para Roger Gracie no mesmo ano.

Segundo seu treinador na X-Gym, Josuel Distak, em entrevista para o Portal do Vale Tudo: “Jacaré já é lutador do UFC, assinou contrato de cinco lutas. O resultado da luta contra o Herman vai ser base para escolha do adversário de estreia no Ultimate, que acho que será lá para abril”.

O outro brasileiro é Roger Gracie(5v-1d), que veio de vitória para outro veterano e ex-UFC Keith Jardine(17v-11d) por decisão unânime e sua única derrota no MMA para Muhammed Lawal(8v-1d) por nocaute técnico.

Roger Gracie é o único Tri-Campeão Mundial Absoluto Faixa Preta de Jiu Jitsu e enfrentará Anthony Smith(17v-8d), recém-graduado a faixa marrom de jiu jitsu pela mesma escola de jiu jitsu que o Roger recebeu sua faixa preta.

No card do último Strikeforce, grandes nomes figuram o evento como Daniel Cormier, Josh Barnett, Gegard Mousasi, Nate MArquardt, os brasileiros Jorge Gurgel e Adriano Martins.

Com tantos bons nomes, o UFC poderá adquirir mais atletas e fazer lutas ainda mais estigantes.

Strikeforce: Marquardt vs Saffiedine
Sábado, 12 de janeiro de 2013
Oklahoma, EUA

Nate Marquardt vs Tarec Saffiedine
Daniel Cormier vs Dion Staring
Josh Barnett vs Nandor Guelmino
Gegard Mousasi vs Mike Kyle
Ronaldo Jacaré Souza vs Ed Herman
Pat Healy vs Kurt Holobaugh
Roger Gracie vs Anthony Smith
Tim Kennedy vs Trevor Smith
KJ Noons vs Ryan Couture
Jorge Gurgel vs Adriano Martins
Estavan Payan vs Michael Bravo


Para Anthony Smith, Roger Gracie é previsível: 'Tenho mais maneiras de vencer'

Dez vezes campeão mundial de jiu-jítsu só na faixa-preta, Roger Gracie dará neste sábado mais um passo em sua ainda curta carreira no MMA. Depois de cinco vitórias e uma derrota, o carioca vai enfrentar Anthony Smith no evento de despedida do Strikeforce, em Oklahoma City (EUA). Se nas demais lutas ele tinha vantagem da altura e da envergadura maior, desta vez Roger terá pela frente um rival apenas um centímetro mais baixo e que já venceu oito lutadores por nocaute e oito por finalização. Smith aposta no seu jogo diversificado para se sair vencedor.

- Roger é melhor do que eu em apenas uma disciplina no MMA. Ele não vai me atacar com single e double legs. Ele não vai ter o poder sobre mim que tem com todo mundo ao impor suas quedas no clinch porque nós dois temos quase o mesmo tamanho. Não vai ser capaz de me levantar e me arrastar para o chão. E eu não o vejo melhor do que eu no kickboxing. Sou um atleta melhor e mais rápido. Sim, se ele me leva para baixo, vou estar em um monte de merda, mas estou confiante de que posso estar seguro quando eu precisar estar. É uma luta superdura. Não é que eu acho que vai ser uma luta fácil e tudo mais. Só acho que eu tenho mais ferramentas para vencer a luta, mais maneiras de ganhar - disse Smith ao site "MMAjunkie".

Anthony Smith vence luta de MMA (Foto: Esther Lin / SHOWTIME)Anthony Smith tem 12 vitórias e duas derrotas nas últimas 14 lutas (Foto: Esther Lin / SHOWTIME)

O card deste evento do Strikeforce ainda terá mais duas lutas do peso-médio. Ronaldo Jacaré enfrentará Ed Herman, e Tim Kennedy vai medir forças diante de Trevor Smith. Anthony Smith, que tem 17-8 no cartel, mas 12-2 nas últimas 14 apresentações, considera que a sua missão no sábado será a menos difícil.

- Dentre essas três lutas dos médios nesse card, acho que tenho a mais fácil. Isso não é dizer que eu acho que ele é uma luta fácil. De nenhuma maneira. Mas Roger... Ele é muito previsível. Estou preocupado que Roger vai boxear comigo para cima e para baixo? Nem um pouco. Eu só não vejo isso acontecendo, e Roger sabe disso. Ele sabe no que é bom. E eu sei disso, eu respeito isso, mas não tenho medo. Acho que há uma linha tênue entre respeito e medo, e para mim um monte de gente que lutou com ele foi completamente com medo de seu jogo de chão. Se estivéssemos em um jogo de jiu-jítsu, Roger iria espancar minha bunda. Mas não vai ser. Sei que soa clichê, mas esta é uma luta (de MMA). Há muito mais nela do que apenas o jiu-jítsu - completou o americano.

Keith Jardine e Roger Gracie Strikeforce MMA (Foto: Getty Images)Roger Gracie (dir.) vem de vitórias sobre o ex-UFC Keith Jardine (Foto: Getty Images)

A luta principal de sábado terá a disputa do cinturão do peso-meio-médio. O campeão Nate Marquardt vai defender o título diante de Tarec Saffiedine. Confira o card completo:

Strikeforce: Marquardt x Saffiedine
12 de janeiro de 2013, em Oklahoma City (EUA)

Nate Marquardt x Tarec Saffiedine
Daniel Cormier x Dion Staring
Josh Barnett x Nandor Guelmino
Gegard Mousasi x Mike Kyle
Ronaldo Jacaré x Ed Herman
Pat Healy x Kurt Holobaugh
Roger Gracie x Anthony Smith
Tim Kennedy x Trevor Smith
K.J. Noons x Ryan Couture
Jorge Gurgel x Adriano Martins
Estevan Payan x Mike Bravo

Fonte: http://sportv.globo.com/site/eventos/combate/noticia/2013/01/para-rival-roger-gracie-e-previsivel-tenho-mais-maneiras-de-vencer.html


Daniel Cormier pode ser o próximo desafiante para Jon Jones

Daniel Cormier assinou contrato a poucos dias no UFC, e já pode disputar o cinturão dos meio-pesados. O atleta que atualmente é campeão dos pesos pesados no Strikeforce, que terá sua ultima edição em janeiro, logo depois da luta que Cormier tem contra Dio Staring ele tem a possibilidade de descer de categoria, para disputar um provável titulo contra Jon Jones. Além de Dana White querer a luta Cormier tem mais um motivo para descer de categoria, seu amigo e companheiro de treinos Cain Velásquez que é o atual campeão dos pesados do UFC. Em entrevista pós UFC 155 Dana esqueceu que Jones tem luta marcada e disse:

- Cormier vai trazer muita emoção à divisão dos pesados ou dos meio-pesados. E ele pode ser o próximo na fila para lutar com (Jon) Jones. Eu tenho muito respeito por esses caras (Cormier e Velásquez). Eles podem ir para onde quiserem. Se querem lutar um contra o outro no peso-pesado, estou bem com isso. Se Cormier quer ir para os meio-pesados, estou bem com isso. Qualquer coisa.

ImagemCormier (esq.) pode ir para os meio-pesados para evitar o amigo Velásquez (Foto: Reprodução/Twitter)

Mas se quiser disputar o cinturão logo de cara, terá de esperar. Jon Jones tem luta marcada com Chael Sonnen no dia 27 de abril. Se der uma zebra e o atual campeão perder, ele então teria de enfrentar Sonnen pelo título, mas mesmo com Jones ganhando de Sonnen, Cormier deverá ter de esperar um pouco mais já que no UFC Henderson VS Dias, Gustafsson derrotou Shogun Rua, e Dana havia prometido que quem ganhasse o combate seria o próximo desafiante ao cinturão.

Fonte: http://newsmma.wordpress.com/


Rafael Feijão continua suspenso após apelação negada pela Comissão Atlética da Califórnia

Suspenso pelo período de um ano pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia, após ter sido detectado estanozolol em sua amostra de urina após a luta contra Mike Kyle no Strikeforce, o brasileiro Rafael “Feijão” Cavalcanti teve sua apelação de suspensão da pena negada na data de ontem.

A Comissão Atlética manteve a suspensão imposta ao atleta, que tentou argumentar em sua defesa que o pote utilizado para colher a amostra de urina teria sido usado e que estaria contaminado.

Segundo a defesa apresentada por Howard Jacobs, advogado de Feijão, os comissários da CAEC tentaram recolher uma amostra de urina no dia anterior a luta, mas a amostra não teria sido suficiente para as análises. Com isso, uma nova amostra foi coletada no dia seguinte. Jacobs diz que a CAEC só jogou fora a primeira amostra, mas usou o mesmo pote para coletar nova amostra em 19 de maio, existindo a possibilidade do recipiente ter sido contaminado.

Apesar da argumentação, os membros da Comissão Atlética votaram pela manutenção da suspensão ao lutador brasileiro até maio de 2013.

Fonte: http://nasgrades.com/


As duas mais belas do MMA buscam espaço no UFC

O MMA feminino possui atualmente dois grandes exemplos de beleza.

As duas são atletas do Strikeforce, mas sonham com o dia em que o UFC abrirá espaço também para as mulheres. Dia cada vez mais próximo.

A primeira é a america Gina Carano que está se recuperando de lesão e deverá retornar no início de 2013. Por ora, Carano atua em grandes produções do cinema, mostrando grande talento.

Gina Carano possui contrato em vigor com o Strikeforce que é o segundo maior evento de MMA do Planeta e que foi comprado recentemente pelo UFC, seu maior rival até então.

Carano é total destaque no MMA feminino e detém um respeitável cartel com 7 vitórias e apenas uma derrota, sendo que em  sua última aparição perdeu o seu título do Strikeforce para a brasileira Cris Cyborg, duelo acontecido no dia 15 de agosto de 2009.

Parada há mais de três anos, os fãs sonham com a volta em breve da musa.

A outra bela das lutas é a americana Ronda Rousey que manteve o seu cinturão do Strikeforce e segue invicta com 6 vitórias, todas com arm-lock no 1º assalto. Realmente impressionante !

A americana Ronda Rousey é a atual campeã do peso galo do Strikeforce e vem da recente defesa do seu cinturão em agosto, onde deu mais um show e finalizou a desafiante canadense Sarah Kaufman em apenas 54 segundos com um arm-lock.

Ronda deverá ter como próxima oponente a brasileira Cris Cyborg em 2013, em um dos mais  aguardados embates da história do MMA feminino.

Fonte: http://wp.clicrbs.com.br/nomundodaslutas/?topo=13,1,1,,10,13


Ronda Rousey vs Cris Cyborg sem negociação

Assim que a luta entre Ronda Rousey e Sarah Kaufman acabou, os rumores sobre uma possível luta entre Ronda Rousey e Cris Cyborg começaram a surgir. Pra quem achava que esse combate poderia acontecer, após a suspensão de Cyborg que foi pega no antidoping pela Comissão Atlétic, esse combate pode não acontecer.

Cybrog diz que não está sendo respeitada pelo Strikeforce e pode procurar novos ares, e esse “novo ar” seria o evento Invicta Fighting Championships, que inclusive ela chegou a mencionar em um comentário em sua rede social twitter, embora esse tweet parece ter sido excluído pouco tempo depois.

“Eu luto contra qualquer uma em qualquer lugar. Então, quero ser respeitada. Como todo mundo quer ser – postou a lutadora.”, Cyborg em um de seus tweets logo após a vitória de Rousey.

Sem ter nada a ver com o caso de doping da brasileira, Ronda Rousey aprontou mais uma, venceu bem a desafiante Sarah Kaufman e conseguiu a sexta vitória, seguindo invicta no MMA de forma arrasadora. Rousey venceu todos seus combates no primeiro round em menos de 1 minuto. A musa agora não sabe quem enfrentará, mas a vontade da campeã é que a brasileira Cris Cyborg baixe de peso, e alfinetou a ex-campeã.

“Quando ela era a campeã, eu sabia que ela estava dopada e não podia provar, era uma situação onde eu tinha que ir até ela. Você tem que ir até a campeã. Agora isso mudou, eu sou a campeã e ela perdeu o título dela por uma boa razão. Ela tem que vir até mim.” disse Ronda, durante a coletiva pós-luta.

Fonte: http://newsmma.wordpress.com/


Strikeforce: Ronda Rousey finaliza e Ronaldo Jacaré nocauteia no primeiro round. Assistam aos vídeos

Ronda Rousey segue imbatível.  No Strikeforce deste sábado que aconteceu em San Diego (EUA), a musa do MMA, como é conhecida, defendeu pela primeira vez seu título do peso-galo e derrotou Sarah Kaufman em apenas 54 segundos. Foi nada menos do que o quinto triunfo de Rousey que durou menos de um minuto.

Ronda Rousey fez seu jogo de chão e não precisou de muito pra vencer a desafiante Sarah Kaufman que chegou a evitar a finalização por alguns segundos, rolou com Rousey por duas vezes, mas não conseguiu fazer com que a americana largasse o seu braço. De costas para o chão, a campeã apertou mais ainda o golpe, e a canadense teve que desistir do combate. Dando a sexta vitória a Rousey, que segue invicta no MMA. Ela venceu todos seus combates no primeiro round em menos de 1 minuto. Rousey agora não sabe quem enfrentará, mas a vontade da campeã é que a brasileira Cris Cyborg baixe de peso, assim como ela disse após a vitória.

“Eu sou a campeã, a campeão não vai até você. Você que vai até a campeão. Venha até a minha categoria e vamos resolver isso.” disse Rousey

Quem também deu show, foi o brasileiro Ronaldo Jacaré;

Ronaldo “Jacaré” nocauteou Derek Brunson aos 41segundos do 1Round com um belo direto no queixo. Derek Brunson tomou a iniciativa no início do combate. Mas mesmo caminhando para trás, o brasileiro acertou um cruzado de direita que desestabilizou o americano. Brunson caiu, e Jacaré completou o serviço no ground and pound para conquistar seu primeiro nocaute em 21 lutas na carreira – seu cartel agora tem 17 vitórias (12 por finalização, um por nocaute e três por pontos), três derrotas e uma luta sem resultado (no contest). Jacaré  agora parte com moral para a disputa de cinturão contra o Luke Rockhold.

Confira como foi:

 

STRIKEFORCE: Rousey x Kaufman

CARD PRINCIPAL

  • Ronda Rousey venceu Sarah Kaufman por fnialização (chave de braço) aos 54s do round 1
  • Ronaldo Jacaré nocauteou Derek Brunson aos 41s do primeiro round
  • Tarec Saffiedine venceu Roger Bowling por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27)
  • Anthony Smith venceu Lumumba Sayers por finalização (triângulo) aos 3m52s do round 1
  • Ovince St. Preu venceu T.J. Cook por nocaute aos 20s do round 3

CARD PRELIMINAR

  • Miesha Tate venceu Julie Kedzie por finalização (chave de braço) aos 3m28s do round 3
  • Adlan Amagov venceu Keith Berry por nocaute técnico aos 48s do round 1
  • Germaine de Randamie venceu Hiroko Yamanaka por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27)
  • Bobby Green venceu Matt Ricehouse por decisão unânime (30 a 27, 30 a 27 e 30 a 27)

Fonte: http://newsmma.wordpress.com/