hoje tem Brasil vs Jon Jones no UFC 172

Por Adriano Albuquerque
http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2014/01/glover-teixeira-enfrenta-jon-jones-no-ufc-172-em-26-de-abril-em-baltimore.html

http://www.youtube.com/watch?v=Y9AMziizkRY

Anunciado muitas vezes e adiado em todas, o confronto entre o atual campeão dos pesos-meio-pesados do UFC, Jon Jones, e o brasileiro Glover Teixeira enfim tem data e local oficiais: será em 26 de abril, em Baltimore, no evento principal do UFC 172. A notícia foi publicada primeiro pelo jornal "Baltimore Sun" e confirmada ao Combate.com pela PESAGEM jones vs gloverorganização do evento.
Glover se mostrou bastante feliz com a notícia, após ter o duelo anunciado para o UFC 169, UFC 170 e UFC 171, apenas para vê-lo adiado por causa da recuperação de Jones de uma lesão sofrida em seu último combate, contra Alexander Gustafsson. Na ocasião, o campeão foi testado como nunca antes e ganhou uma contestada decisão unânime. Para o mineiro, "Bones" mereceu o triunfo e, embora sua "aura de invencibilidade" tenha caído, nada mudou em sua mentalidade para enfrentá-lo.

- Foi uma luta boa para os dois ali, mas não olho por esse lado. Para mim, se tivesse ganhado no primeiro round ou se tivesse perdido e eu tivesse de enfrentar o Gustafsson, eu lutaria do mesmo jeito. Você olha que o Jon Jones ficou machucado ali, mas ele mostrou coração, mostrou raça. Na minha opinião, na hora até o Dana White me perguntou quem eu achei que venceu, e eu acho que foi o Jon Jones. Ajudou um pouco, mudou um pouco, mas luta é luta, eu tenho que chegar em 26 de abril e fazer a luta certa - disse Glover Teixeira.

O brasileiro vem numa sequência de 20 vitórias consecutivas, incluindo cinco no UFC. Para acrescentar Jones à lista de vítimas, o lutador não pretende mudar muito seu treinamento.

- Treino na American Top Team com os caras lá mesmo. Estou indo no fim de semana que vem ajudar o Lyoto (Machida) nos treinos para enfrentar o (Gegard) Mousasi, mas não tem muito isso de parceiro de sparring específico para o Jon Jones. Vou treinar com quem tiver lá, treinar duro e forte. Claro que meus treinadores vão ver o que o Jon Jones tem de mais forte e desenhar uma estratégia, mas eu só me preocupo em acordar de manhã cedo e treinar - garantiu o lutador, que reconheceu, porém, que o wrestling e o boxe serão suas chaves para a vitória.

- Com certeza tem que trabalhar tudo, como sempre trabalho, por isso não me preocupo muito com o oponente, porque estou focado em todos os aspectos da luta. Tenho que trabalhar muito meu boxe, que acho que tenho vantagem nisso, e com certeza defesa de queda vai ser muito importante nessa luta. A queda é um ponto forte dele e ele vai com certeza querer me derrubar - afirmou.
http://www.youtube.com/watch?v=j7yf-G2Z_8k
UFC 172
26 de abril de 2014, em Baltimore (EUA)
Jon Jones x Glover Teixeira

Card principal
Jon Jones x Glover Teixeira
Phil Davis x Anthony Johnson
Luke Rockhold x Tim Boetsch
Jim Miller x Yancy Medeiros
Max Holloway x Andre Fili

Card preliminar
Joseph Benavidez x Tim Elliott
Takanori Gomi x Isaac Vallie-Flagg
Jessamyn Duke x Bethe Correia
Danny Castillo x Charlie Brenneman
Chris Beal x Patrick Williams


UFC 170: Jon Jones vs Glover Teixeira confirmado para Fevereiro

O UFC confirmou hoje (quinta-feira 14, Nov.) oficializando o combate entre o brasileiro Glover Teixeira contra o americano campeão dos meio-pesados Jon Jones no UFC 170, evento que acontece no dia 22 de Fevereiro de 2013.

Dana White sempre promete algumas chances ao título para alguns atletas dependendo de como vencam seus combates, mas nem sempre isso é verdade. Para essa promessa, o presidente do UFC garantiu que se o Glover Teixeira vencesse o Ryan Bader de maneira contundente, o brasileiro estaria credenciado a disputar o cinturão contra o campeão Jon Jones, o que de fato, foi confirmado hoje.

UFC 146: Dos Santos v Mir

Estaria o Glover com seu poder de nocaute pronto para tirar Jones de seu trono impedindo-o de usar suas quedas e cotoveladas na categoria dos meio-pesados?


Jon Jones vs Glover Teixeira em véspera do Super Bowl

Após especulações sobre uma possível revanche entre Jon Jones e o sueco Alexander Gustafsson foi completamente descartada pelo presidente do UFC Dana White. A confirmação veio na noite de quarta-feira que o brasileiro Glover Teixeira receberá a próxima chance de disputar o cinturão, e adiantou que o duelo provavelmente acontecerá em fevereiro, na véspera do Super Bowl, final da NFL, liga profissional de futebol americano.

Glover Teixeira está confirmado como próximo desafiante a Jon Jones (Foto: Montagem/NewsMMA)

Glover Teixeira está confirmado como próximo desafiante a Jon Jones (Foto: Montagem/NewsMMA)

O dirigente fez a revelação ao site americano “Espn.com” na noite de quarta-feira, após o próprio Jon Jones afirmar ao telejornal oficial do Ultimate, “UFC Tonight”, que acreditava ter vencido a luta contra Gustafsson “decisivamente” e que não era preciso uma revanche.

“É isto que o campeão quer. Nós provavelmente faremos esta luta no card do Super Bowl, em Nova Jersey” disse White.

Fonte: http://newsmma.com.br/dana-white-confirma-combate-jon-jones-glover-teixeira/


UFC 160 Videos: Assista Cain Velasquez vs. Antonio Silva, Junior Cigano vs. Mark Hunt e demais lutas

Ontem ocorreu o UFC 160 onde a luta principal foi entre o atual campeão peso pesado Cain Velasquez que enfrentou o paraibano Antonio Pezão. Na  luta anterior, o ex-campeão Junior Cigano enfrentou Mark Hunt, campeão do K-1 World GP 2001. Outro brasileiro no card foi o Glover Teixeira que enfrentou James Te Huna.

Não deixe para assistir depois pois em breve os vídeos serão removidos dos servidores por determinação da organização do evento.

Card Principal

Cain Velasquez vs. Antonio Silva - UFC 160

Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Part 3]
Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Part 2]
Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Part 1]

Glover Teixeira vs. James Te Huna - UFC 160 

Gray Maynard vs. TJ Grant - UFC 160

Donald Cerrone vs. Karl James Noons - UFC 160 [Part 4]
Donald Cerrone vs. Karl James Noons - UFC 160 [Part 3]
Donald Cerrone vs. Karl James Noons - UFC 160 [Part 2]
Donald Cerrone vs. Karl James Noons - UFC 160 [Part 1]

Card Preliminar

Mike Pyle vs. Rick Story - UFC 160 [Part 3]
Mike Pyle vs. Rick Story - UFC 160 [Part 2]
Mike Pyle vs. Rick Story - UFC 160 [Part 1]

Dennis Bermudez vs. Max Holloway - UFC 160 [Part 3]
Dennis Bermudez vs. Max Holloway - UFC 160 [Part 2]
Dennis Bermudez vs. Max Holloway - UFC 160 [Part 1]

Colton Smith vs. Robert Whitaker - UFC 160 [Part 3]
Colton Smith vs. Robert Whitaker - UFC 160 [Part 2]
Colton Smith vs. Robert Whitaker - UFC 160 [Part 1]

Khabib Nurmagomedov vs. Abel Trujillo - UFC 160 [Part 3]
Khabib Nurmagomedov vs. Abel Trujillo - UFC 160 [Part 2]
Khabib Nurmagomedov vs. Abel Trujillo - UFC 160 [Part 1]

Stephen Thompson vs. Nah-Shon Burrell - UFC 160 [Part 4]
Stephen Thompson vs. Nah-Shon Burrell - UFC 160 [Part 3]
Stephen Thompson vs. Nah-Shon Burrell - UFC 160 [Part 2]
Stephen Thompson vs. Nah-Shon Burrell - UFC 160 [Part 1]

Brian "Mini Mark Wahlberg" Bowles vs. George Roop - UFC 160 [Part 3]
Brian "Mini Mark Wahlberg" Bowles vs. George Roop - UFC 160 [Part 2]
Brian "Mini Mark Wahlberg" Bowles vs. George Roop - UFC 160 [Part 1]

Jeremy Stephens vs. Estevan Payan - UFC 160 [Part 4]
Jeremy Stephens vs. Estevan Payan - UFC 160 [Part 3]
Jeremy Stephens vs. Estevan Payan - UFC 160 [Part 2]
Jeremy Stephens vs. Estevan Payan - UFC 160 [Part 1]

Para ver a luta completa, veja os vídeos abaixo.

Cain Velasquez vs. Antonio Silva - UFC 160 [Full Fight Part 2]
Cain Velasquez vs. Antonio Silva - UFC 160 [Full Fight Part 1]

Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Full Fight Part 4]
Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Full Fight Part 3]
Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Full Fight Part 2]
Junior dos Santos vs. Mark Hunt - UFC 160 [Full Fight Part 1]

Glover Teixeira vs. James Te Huna - UFC 160 [Full Fight Part 2]
Glover Teixeira vs. James Te Huna - UFC 160 [Full Fight Part 1]

Gray Maynard vs. TJ Grant - UFC 160 [Full Fight Part 2]
Gray Maynard vs. TJ Grant - UFC 160 [Full Fight Part 1]


UFC 160: Velasquez nocauteia Pezão, Cigano nocauteia Hunt e Glover finaliza Te Huna

Velásquez acerta direto no queixo de Pezão no UFC 160

Tinha tudo pra ser uma noite 100% brasileira em Las Vegas, mas Antônio Pezão não teve nem chance de deixar a porcentagem inteira para o Brasil. Em duelo contra o americano Cain Velásquez, Antônio Pezão não não teve tempo para mostrar seu serviço, na noite deste sábado (25), no MGM Grand Arena. Era uma revanche bastante esperada para o brasileiro que tinha o sonho de vencer o campeão e ter um gosto a mais para comemorar, mas

O duelo foi rápido, americano soltou alguns golpes após tentar derrubar o brasileiro e conseguiu desviou de um direto do brasileiro. Velásquez, então, encaixou uma combinação de jab e direto de encontro que acertou o queixo de Pezão e o levou ao chão, e aí só completou o serviço com alguns socos no solo. O árbitro brasileiro Mario Yamasaki avisou a Pezão que ele precisava esboçar alguma defesa mais eficiente, porém foi o que não aconteceu, na visão dele, o duelo foi interrompido aos 1m21s do primeiro round. Após manter o cinturão da divisão dos pesados, Velásquez já sabe quem vai enfrentar, e será outro brasileiro bastante conhecido dele, Junior Cigano dos Santos.

Cigano

Antes dos combates, o chefão do UFC, Dana White já havia anunciado que o vencedor de Cigano x Hunt enfrentaria o vencedor de Velásquez x Pezão. Com a vitória sobre Pezão, e a manutenção do cinturão, o americano Cain Velásquez fará a famosa trilogia com Junior Cigano que fez o dever de casa diante de Mark Hunt. Cigano vinha quieto desde dezembro de 2010 quando perdeu o cinturão para Cain Velásquez, e pode sentir novamente o sabor da vitória na noite em que de quebra, o credenciou a disputar novamente o cinturão da categoria. Cigano, porém teve trabalho para conquistar essa credencial ao enfrentar o duríssimo Neozelandês Mark Hunt. Os dois travaram um duelo imprevisível conseguindo golpes e colocando na cabeça do publico que tinha a plena certeza que um cairia. O primeiro a sentir foi Hunt que tomou um direto de Cigano na metade do round inicial, mas logo se recuperou e voltou a base. O neozelandês ainda deu trabalho à Cigano conectando bons golpes com sua pesada mão esquerda, mas ficou aí. Cigano foi mais eficiente e acertou um surpreendente chute giratório e partiu pra cima pra liquidar o duelo.

Glover sobe mais um degrau.

A sensação brazuca no UFC, Glover Teixeira fez bonito novamente mais uma vez. Em sua quarta luta na organização, o brasileiro mostrou a que veio a organização. Glover enfrentou o australiano James Te-huna e não deu chances ao rival. O brasileiro partiu pra cima logo de cara mas Te Huna não se intimidou com Glover e encaixou duas boas esquerdas mostrando serviço, porém, Glover acertou alguns golpes e um overhand poderoso que balançou o rival. Na sequência, o mineiro disparou socos e cotoveladas, mas Te Huna se defendeu bem e se levantou e deu brecha para Glover, que  encaixou a guilhotina, puxou para a guarda e o viu o rival dar os três tapinhas aos 2m38s do primeiro round, arrancando aplausos da lenda americana, Mike Tyson que acompanhou todo o evento ao lado de Dana White.

“Meu trabalho é chegar e terminar as lutas. Agradeço a oportunidade de lutar aqui. O Mike Tyson está aqui, não acredito ainda, estou quase chorando. Eu adoro ele, sempre assisto aos melhores momentos dele.” Disse Glover, ainda no octógono

Prêmios da noite:

Os brasileiros Junior Cigano e Glover Teixeira saíram com o bolso recheado de Las Vegas. Cigano e Hunt travaram a melho luta da noite, já Glover ganhou o bônus como a melhor finalização. Cada um  levou pra casa uma quantia de US$ 50 mil (o equivalente a cerca de R$ 100 mil). Quem também riu a toa, foi Tj Grant que nocauteou Gray Maynard no 1º round.

Veja todos os resultados do UFC 160:

   CARD PRINCIPAL

  • Cain Velásquez venceu Antônio Pezão por nocaute técnico a 1m21s do primeiro round
  • Junior Cigano venceu Mark Hunt por nocaute aos 4m18s do terceiro round
  • Glover Teixeira venceu James Te Huna por finalização aos 2m38s do primeiro round
  • TJ Grant venceu Gray Maynard por nocaute técnico aos 2m07s do primeiro round
  • Donald Cerrone venceu KJ Noons por decisão unânime dos jurados

  CARD PRELIMINAR

  • Mike Pyle venceu Rick Story por decisão dividida dos jurados
  • Dennis Bermudez venceu Max Holloway por decisão dividida dos jurados
  • Robert Whittaker venceu Colton Smith por nocaute técnico aos 41s do terceiro round
  • Khabib Nurmagomedov venceu Abel Trujillo por decisão unânime dos jurados
  • Stephen Thompson venceu Nah-Shon Burrell por decisão unânime dos jurados
  • George Roop venceu Brian Bowles por nocaute técnico a 1m43s do segundo round
  • Jeremy Stephens venceu Estevan Payan por decisão unânime dos jurados

Fonte: http://newsmma.com.br/velasquez-nocauteia-pezao-mantem-cinturao-e-fara-trilogia-contra-junior-cigano/


UFC 160: Glover Teixeira vs Ryan Bader e Donald Cerrone vs KJ Noons adicionado ao card

Nesta madrugada, o UFC 160 ganhou mais duas importantes lutas para seu evento, que será realizado no dia 25 de maio, no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas. O brasileiro Glover Teixeira enfrentará Ryan Bader para seguir seu caminho para chegar ao cinturão e Donald Cerrone dará as boas-vindas ao recém-migrado do Strikeforce KJ Noons em um duelo peso-leve. Abaixo você confere um poster criado pelos fãs que está circulando pelo Facebook:

UFC 160
Cain Velasquez vs. Antonio Silva "Pezão"
Junior dos Santos vs. Alistair Overeem
Donald Cerrone vs. KJ Noons
Ryan Bader vs. Glover Teixeira

Amir Sadollah vs. Stephen Thompson
Pat Barry vs Shawn Jordan

Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/mma/


UFC on Fox 6: Disputa de cinturão dos Moscas amanhã. Quinton Jackson encara Glover Teixeira

Será a amanhã, em Chicago, que o atual campeão da divisão dos Pesos Moscas do UFC Demetrious Johnson (16v-2d-1e) coloca o seu cinturão em jogo pela primeira vez na luta principal do UFC on Fox.

Ex-desafiante ao título dos Galos, Johnson foi derrotado por Dominick Cruz em outubro de 2011. A partir desse momento, com a abertura da nova divisão de peso na organização, Demetrious passa a lutar pelos Moscas, tendo obtido duas vitórias e um empate, conquistando o cinturão inédito ao derrotar Joseph Benavidez em seu último combate. O seu desafiante será o lutador John Dodson (14v-5d), ex-campeão do TUF 14 e que vem de uma sequência de 5 vitórias, tendo se credenciado ao title shot após derrotar o brasileiro Jussier Formiga em outubro passado.

Já na co-luta principal da noite, o Meio-Pesado brasileiro Glover Teixeira (18v-2d) encara o experiente Quinton “Rampage” Jackson (32v-10d), que faz a sua última luta de seu contrato com a maior organização de MMA do planeta. Glover vem de uma impressionante sequência de 17 vitórias seguidas, estando sem saber o que é ser derrotado desde o ano de 2006. No UFC, o brasileiro fará a sua terceira luta, já tendo derrotado Kyle Kingsbury e Fabio Maldonado.

Outro brasileiro que entra amanhã no octógono será Rafael Natal que duela contra Sean Spencer, em luta válida pela categoria dos Pesos Médios do UFC.

O UFC on Fox: Johnson vs. Dodson terá transmissão ao vivo pelo Canal Combate nesse sábado.

Confira o card completo do UFC on Fox: Johnson vs. Dodson:

Card Principal

Pesos Moscas: Estados Unidos Demetrious Johnson vs. Estados Unidos John Dodson

Pesos Meio-Pesados: Estados Unidos Quinton Jackson vs. Brasil Glover Teixeira

Pesos Leves: Estados Unidos Donald Cerrone vs. Estados Unidos Anthony Pettis

Pesos Penas: Estados Unidos Erik Koch vs. Estados Unidos Ricardo Lamas

Card Preliminar

Pesos Leves: Canadá TJ Grant vs. Estados Unidos Matt Wiman

Pesos Penas: Estados Unidos Clay Guida vs. Japão Hatsu Hioki

Pesos Meio-Pesados: Estados Unidos Ryan Bader vs. Bielorrússia Vladimir Matyushenko

Pesos Pesados: Estados Unidos Mike Russow vs. Estados Unidos Shawn Jordan

Pesos Meio-Médios: Estados Unidos Mike Stumpf vs. Alemanha Pascal Krauss

Pesos Médios: Brasil Rafael Natal vs. Estados Unidos Sean Spencer

Pesos Meio-Médios: Noruega Simeon Thoresen vs. Estados Unidos David Mitchell

Fonte: http://nasgrades.com/


Revelado por projeto no Complexo Penitenciário de Bangu, Raphael Correa passa temporada de treinamentos com Glover nos EUA

Enquanto muitos brasileiros achavam que o mundo terminaria no fim de 2012, o ano guardou uma incrível surpresa para Raphael Correa. Depois de passar os piores momentos de sua vida no Complexo Penitenciário de Bangu, viu o seu caminho se abrir ao aprender a lutar em um projeto social desenvolvido pela Pretorian no presídio. Em novembro veio a grande consagração ao ser convidado para passar uma temporada nos Estados Unidos, ajudando no treinamento de Glover Teixeira para sua próxima luta no UFC.

 

“Eu me sinto uma pessoa muito privilegiada. Depois de tudo que passei todo aquele sofrimento só me trouxe coisas boas. A partir do momento que comecei a lutar no projeto, foi só alegria na minha vida. Por ser ex-presidiário achava que não conseguiria sair do país, mas graças a Deus tudo deu certo. Agora estou passando por essa oportunidade única, vou agarrar com unhas e dentes. Com certeza essa experiência vai acrescentar muito na minha carreira e na evolução também das minhas técnicas”, avalia.

 

Raphael ganhou a liberdade em 2010 e continuou recebendo apoio da Pretorian. Hoje, ele não sabe o que seria de sua vida sem o MMA. Já ganhou o Campeonato Carioca, Brasileiro, Pan-Americano e uma luta no Iron Fight no fim de agosto. A amizade com Glover começou na academia Delfim, na Tijuca. De lá para cá treinaram muitas vezes juntos e a proximidade gerou o convite para ajudá-lo em sua reta final de preparação. Os dois embarcaram para os Estados Unidos no dia 17 de dezembro e agora estão de malas prontas para a Califórnia, onde vão intensificar os treinos.

 

“Vamos nos juntar ao Lyoto e ao Chuck Liddel para ajudar nos treinamentos, sob o comando do John, treinador dele. Com certeza aqui existem muitas pessoas influentes no mundo da luta. Estou no meio deles, agora só depende de mim. Com certeza a entrada no UFC está cada vez mais próxima”, completa.

 

Depois de superar Fabio Maldonado em outubro deste ano, Glover Texeira volta ao octógono no UFC on Fox 6. A luta será contra o norte-americano Rampage Jackson, no dia 26 de janeiro, em Chicago, nos Estados Unidos. Raphael Correa e Glover devem voltar ao Brasil em fevereiro de 2013.

 

Sobre o Projeto Desenvolvido no Complexo Penitenciário de Bangu

 

O projeto desenvolvido no Complexo Penitenciário de Bangu já reúne quatro academias, com 40 detentos em cada, e não para de ganhar adeptos. Quatro novos centros de treinamento estão sendo criados e nos próximos meses a iniciativa, patrocinada pela Pretorian, chegará a aproximadamente 360 lutadores, divididos em oito unidades distintas dentro do complexo. O objetivo principal é reinserir os presos a sociedade, oferecendo uma alternativa de sustento quando retomarem a liberdade, como lutadores ou instrutores de luta. Um bom exemplo do sucesso da iniciativa é Raphael Correa, antigo detento que ganhou a liberdade em 2010. Ele aprendeu a lutar no complexo penitenciário e hoje luta profissionalmente. Para ser contemplado pelo projeto, o detento precisa estar estudando em uma das unidades ou ter completado o segundo grau, além de não poder infringir as regras de conduta. Caso cometa alguma irregularidade, é eliminado, cedendo a vaga automaticamente. Cada aluno tem em média três aulas por semana. Além de atender os detentos, o projeto disponibiliza também duas academias no complexo para os policiais treinarem e desenvolverem suas habilidades no mundo das lutas.


UFC on Fox 6: Glover Teixeira vs Quinton Jackson confirmado para Janeiro

O duelo de meio-pesados entre o brasileiro Glover Teixeira e o americano Quinton Rampage Jackson foi confirmado nesta quinta-feira. O embate será o co-main event do UFC on Fox 6 no dia 26 de janeiro no United Center em Chicago, Estados Unidos.

Aliás, Rampage já seria o original oponente de Glover no UFC 153 no Rio em outubro, mas teve de ser retirado do card por lesão.

O talentoso e promissor Glover acumula 19 triunfos e 2 derrotas, vindo de 17 vitórias consecutivas. Por outro lado, Rampage é muito experiente e brilha nas lutas desde os tempos de Pride, tendo, também, conquistado o cinturão do UFC. Leva 32 vitórias e 10 derrotas.

Glover é o favorito e é a sensação brasileira no UFC, podendo disputar o cinturão com mais uma ou duas vitórias na carreira.

Confira o card do evento, sujeito a alterações:

- Demetrious Johnson vs. John Dodson (título moscas);

- Quinton Rampage Jackson vs. Glover Teixeira;

- Anthony Pettis vs. Donald Cerrone;

- TJ Grant vs. Matt Wiman;

- Erik Koch vs. Ricardo Lamas;

Lutas Preliminares

- Clay Guida vs. Hatsu Hioki;

- T.J. Grant vs. Matt Wiman;

- Shawn Jordan vs. Mike Russow;

- Pascal Krauss vs. Mike Stumpf;

- Magnus Cedenblad vs. Rafael Sapo Natal;

- Ryan Bader vs. Vladimir Matyushenko;

- David Mitchell vs. Simeon Thoresen.

Fonte: http://wp.clicrbs.com.br/nomundodaslutas/2012/12/20/glover-teixeira-vs-quinton-jackson-esta-confirmado-em-janeiro/?topo=13,1,1,,10,13


UFC 156: José Aldo vs Frankie Edgar pode acontecer em Janeiro no Brasil

O Brasil entrou de vez no circuito do UFC e é apontado pelos executivos da empresa como terceiro principal mercado, atrás de Estados Unidos e Canadá. Segundo o site MMAJunkie, o UFC 156 será em solo brasileiro no dia 19 de janeiro de 2013. José Aldo é cotado para enfrentar Frank Edgar na luta principal da noite. Esta luta deveria ter acontecido no UFC Rio 3, mas devido ao acidente de moto de Aldo, teve que ser adiada.

Será a sexta passagem do UFC pelo Brasil, a quinta desde 27 de agosto de 2011, no UFC 117 - Silva vs Okami no Rio de Janeiro. São Paulo e Fortaleza são as mais cotadas para sediar este novo evento. O Rio já sediou três edições e Belo Horizonte foi o palco da final do reality show "The Ultimate Fighter" em Busca de campeões em junho. São Paulo recebeu o show em 1997, na noite em que Vitor Belfort nocauteou Wanderley Silva com uma série impressionantes de socos em cerca de 40 segundos.

A luta principal tem tudo pra ser excelente, com muita movimentação e gás por parte de ambos. Aldo leva vantegem pela agressividade e contundência dos golpes. Edgar tem chances de vencer caso consiga derrubar e bater por cima. Tomara que o card seja de alto nível e traga alguns gringos de nome pra dar mais graça ao evento. Seria uma boa data para fazer a luta de Glover Teixeira x Quinton Jackson, que ia acontecer no UFC Rio 3, mas foi cancelada devido a lesão de Rampage. O brasileiro poderia lutar nesta data já que saiu praticamente ileso da luta contra Fábio Maldonado.

Fonte: http://oglobo.globo.com/blogs/mma/