[MMA] RAFAELLO TRATOR GANHA, CIGANO ATROPELA E THIAGO PERDE NO UFC 108

[MMA] RAFAELLO TRATOR GANHA, CIGANO ATROPELA E THIAGO PERDE NO UFC 108

Cigano nocauteou mais um oponente no UFC

Cigano nocauteou mais um oponente no UFC

Conhecida como a “cidade do pecado”, Las Vegas ficou quente com a 108ª edição do UFC, que aconteceu na noite de hoje. Confira abaixo todos os detalhes do show, que contou com os brasileiros Thiago Silva, Junior “Cigano” e Rafaello “Trator” e fique ligado na TATAME para conferir, nesta segunda, a galeria de fotos do evento:

CIGANO TRATORIZA HOLANDÊS

Depois de nocautear Fabrício Werdum, derrubar Stefan Struve e atropelar Mirko “Cro Cop” Filipovic, o brasileiro Junior “Cigano” dos Santos voltou ao octagon para dar as boas vindas a Gilbert Yvel, holandês especialista em nocautes. Caminhando para o ringue ao som da clássica trilha sonora de “Rocky Balboa”, Cigano estava tranquilo, conectando os melhores golpes. Empolgado, Cigano chamou Gilbert para cima e acertou um cruzado de esquerda. Colocando o oponente no chão, Cigano seguiu castigando até a interrupção do árbitro Herb Dean. Feliz com a vitória, o peso pesado mostrou evolução no inglês e desejou “happy new year” (feliz ano novo, em inglês), para delírio do público americano.

THIAGO SILVA PERDE NA DECISÃO

Na luta principal da noite, o paulista Thiago Silva enfrentou o ex-campeão da categoria, Rashad Evans, no combate que poderia colocá-lo perto de uma disputa de cinturão. Focado no duelo, Thiago começou pior no combate, não conseguindo impedir as várias tentativas de queda do americano. Levando a luta para o chão o tempo todo, porém, Rashad não conseguiu manter o brasileiro sob seu domínio. No terceiro round, Thiago precisava ir para o tudo ou nada e, para desestabilizar o ex-campeão, decidiu provocá-lo. A dois minutos do fim, Thiago acertou uma combinação que balançou o americano, mas não atacou o bastante para derrubá-lo. Na decisão dos juízes, Rashad ficou com a vitória, apesar de não ter feito muita coisa na luta.

TRATOR VENCE A PRIMEIRA

Chegando ao UFC com um cartel de nove vitórias em dez lutas, o brasileiro Rafaello “Trator” Oliveira não conseguiu repetir o bom desempenho das lutas anteriores e perdeu para Nik Lentz na sua estreia, em setembro de 2009. Voltando ao octagon quatro meses depois, o brazuca se recuperou do revés diante de John Gunderson. Depois de controlar o ritmo da luta nos dois primeiros rounds, Rafaello quase encerrou o combate com um arm-lock, mas o gongo soou antes dos três tapinhas. Na decisão, vitória verde-e-amarela.

COLE MILLER ROUBA A CENA NAS PRELIMINARES

Lutando pela sexta vez no UFC, Jim Miller faturou a quinta vitória. Diante do experiente Duane Ludwig, que fazia sua estreia no Ultimate após 28 lutas, o americano, natural da cidade de Sparta, Nova Jérsei, precisou de poucos minutos para conseguir o knockdown, cair montado e encaixar um arm-lock, forçando os três tapinhas. Numa luta bastante movimentada, Sam Stout escapou de um justo arm-lock no primeiro round e dominou a trocação nos assaltos seguintes para bater Joe Lauzon na decisão unânime.

Quando estreou no UFC, convocado em cima da hora, Paul Daley passou por cima de Martin Kampmann, que estava cotado para uma disputa de cinturão. De volta ao octagon contra Dustin Hazelett, especialista em finalização, o inglês não deu tempo para o americano mostrarseu jogo de chão. Em pouco mais de dois minutos de trocação, Paul acertou um belo cruzado e derrubou o oponente, fechando a conta com mais dois socos.

Na segunda atração da noite, Jake Ellenberger dominou o primeiro round e precisou de apenas 22 segundos do assalto seguinte para acabar com a luta. Após aplicar um belo gancho, Jake derrubou Mike Pyle e seguiu castigando até a interrupção do árbitro. Na luta seguinte, Mark Munoz foi rápido no gatilho e castigou Ryan Jensen, vencendo em 2min30s de combate.

Na quarta luta da noite, Cole Miller bateu Dan Lauzon e provavelmente será o dono do cheque de melhor finalização da noite. Escapando de um gancho e conseguindo a queda, Cole segurou o braço esquerdo de Lauzon e encaixou uma kimura, ajustando um triângulo invertido ao mesmo tempo. Com os dois golpes bem encaixados, Cole Miller ficou com a vitória a 3min05s de luta. Fechando as preliminares, Martin Kampmann finalizou Jacob Volkmann com uma guilhotina em quatro minutos.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 108

Las Vegas, Estados Unidos
Sábado, 2 de janeiro de 2010

Card principal:

– Rashad Evans derrotou Thiago Silva na decisão unânime dos juízes;
– Paul Daley derrotou Dustin Hazelett por nocaute técnico a 2min24s do R1;
– Sam Stout derrotou Joe Lauzon na decisão unânime dos juízes;
– Jim Miller finalizou Duane Ludwig com um arm-lock a 2min31s ro R1;
– Junior “Cigano” dos Santos derrotou Gilbert Yvel por nocaute técnico a 2min07s do R1;

Lutas preliminares:

– Martin Kampmann finalizou Jacob Volkmann com uma guilhotina a 4min03s do R1;
– Cole Miller finalizou Dan Lauzon com um triângulo invertido e uma kimura a 3min05s do R1;
– Mark Munoz finalizou Ryan Jensen com socos a 2min30s do R1;
– Jake Ellenberger derrotou Mike Pyle por nocaute técnico a 22s do R2;
– Rafaello “Trator” Oliveira derrotou John Gunderson na decisão unânime dos juízes.



Fonte: http://www.tatame.com.br/2010/01/02/UFC-108–cobertura-ao-vivo-na-TATAME